dica evento listas

10 dicas para aproveitar a Comic Con Experience

Quinta-feira tem Comic Con Experience Tour! A primeira edição fora de São Paulo do maior evento de cultura pop da América Latina desembarca no Nordeste, no Centro de Convenções de Pernambuco de 13 a 16 de abril. Para muitos nerds que vivem longe do eixo RJ-SP, essa vai ser a primeira oportunidade de participar de um evento desse porte. Por isso, baseada pela minha experiência na última CCXP, quando fui marinheira de primeira viagem e passei por alguns perrengues por não ter pesquisado a respeito de alguns detalhes antes, fiz uma lista com 10 dicas para sobreviver a uma CCXP.

#1 Use roupas confortáveis

Você vai andar muito! Os espaços em que as CCXPs são realizadas são centros de convenções que costumam abrigar grandes eventos simultaneamente, logo são áreas gigantescas para explorar. Se você for todos os dias, é provável que demore a se localizar um pouco, então adicione mais minutos de caminhada por ir na direção contrária ao que você queria, se perder uma vez ou outra… Além disso, não se engane: você vai enfrentar muitas longas filas, em pé ou sentado no chão. Por tudo isso, aposte nos tênis ou em sapatos confortáveis que te permitam andar sem calos ou machucados. Se for usar saias ou vestidos, não esqueça o shortinho por baixo. E por via das dúvidas, leve um casaquinho! Os auditórios podem ficar bem gelados.

#2 Vá de mochila

A mochila te deixa de mãos livres, comporta a maior parte das compras e evita que você perca alguma coisa pelo caminho. Lembre que você vai passar o dia inteiro no evento: carregar uma bolsa de tiracolo, duas sacolas recheadas de quadrinhos e um casaquinho enquanto espera o atendente do Spoletto entregar o seu macarrão pegando fogo não é legal.

#3 Leve comida

Não dá pra sair do evento para comprar comida, então quando sentir fome você vai precisar recorrer à praça de alimentação. São quatro dias em que basicamente você só se alimenta de fast-food depois de pagar caro e esperar pelo menos 30 ou 40 minutos na fila. Então, se você gostar de comer um lanchinho no meio da tarde ou sente que seu organismo vai rejeitar quatro dias seguidos ingerindo porcaria, não sinta vergonha em levar uma marmitinha com outra opção. Só tenha consciência de que não há como conservar lá dentro, logo dispense os perecíveis: leve um suco, uma fruta, uma barrinha de cereal. E ÁGUA! Não esqueça de se hidratar!

#4 Saiba quem está na Artist’s Alley antes do evento

Vitor Cafaggi (autor de Valente e Turma da Mônica Laços e Lições) e eu na CCXP 2016

Uma das minhas grandes frustrações na CCXP de São Paulo tem como única culpada eu mesma. A organização do evento divulgou com muita antecedência a lista dos artistas aprovados para a Artist’s Alley, mas eu apenas vi a publicação passar pela minha linha do tempo e não cliquei. Quando me aventurei pela seção, já na CCXP, descobri que muitos dos ilustradores e roteiristas de obras que eu tenho na minha estante estavam lá, simpáticos e dispostos a autografar e conversar com os leitores. Mas sabe quem não estava lá? Os meus quadrinhos. Por isso, veja a lista dos artistas e convidados antes porque há chances de um ou mais deles já estarem nas suas prateleiras.

#5 Conheça novos artistas

Por outro lado, essa é a oportunidade ideal para conhecer novos nomes. A Artist’s Alley está cheia de gente muito talentosa vendendo sua arte e o mais valioso disso tudo é a oportunidade de interagir com essas pessoas, conhecer suas histórias e as de seus personagens. Muitos ali, senão a maioria, são independentes, o que dificulta encontrar esses trabalhos outra vez em uma livraria comum ou até mesmo online. A política do ver sem compromisso é válida; aproxime-se da mesa, folheie, comece a ler e então compre. Aproveite e dê uma chance!

#6 Avalie antes de comprar

Vi muitas pessoas andando com malas de rodinhas pela CCXP. Das três, uma: 1) elas sairiam do evento direto para o aeroporto; 2) trouxeram a estrutura do cosplay ali dentro e em breve iam entrar no personagem; ou 3) iam colocar todas as compras ali dentro. No caso da última opção, imagino que o cartão deve ter estourado para poder encher a bagagem. A tentação consumista é muito alta! Os estandes de vendas vão dos bottons aos jogos, das camisas aos Funkos, colecionáveis de todos os tipos (mas não para todos os bolsos), além de lojas oficiais. A dica é pesquisar online ou presencialmente fora do evento antes de comprar, para aproveitar o que de fato for uma oferta e não cair em uma cilada que você vai precisar carregar depois.

#7 Tenha paciência e não fure filas

Você vai enfrentar filas para tudo. Para entrar e sair do evento, para interagir em um estande, para conseguir um autógrafo e principalmente para ver qualquer coisa no auditório em que acontecem os painéis. Tenha paciência, respeite quem chegou mais cedo do que você e não tente bancar o espertinho. Aproveite para ler (eu li cerca de 30% de IT só nas filas), conhecer outras pessoas, verificar a programação…

#8 Não vá de cosplay todos os dias

Eu entendo que quando você é cosplayer e investe muito do seu tempo e do seu dinheiro na sua transformação para o personagem tudo que você quer é mostrar isso aos outros. Mas, a seu critério, separe um tempo para aproveitar o evento como um nerd comum. O cosplayer é uma atração e às vezes se formam filas para tirar foto com um! Você precisa entender que aquele é seu momento de celebridade e as pessoas vão se aproximar, fotografar, filmar… algumas pedem, outras não. O fato é que um dia de cosplay é um dia em que você satisfaz mais as vontades alheias do que as suas e participar das outras atrações fica mais complicado. Porém, faço uma ressalva: ver o Batman dar o salto da confiança no estande de Assassin’s Creed foi ÉPICO!

#9 Interaja nos estandes

Os estandes são um grande parque de diversão! Há exposições de figurinos usados em séries e filmes, réplicas para interagir, jogos para participar, competições… tem para todos os gostos e rendem experiências incríveis, como entrar em uma Millenium Falcon, escalar um prédio como o Homem-Aranha ou sentar em um trono feito de Sansões.

#10 Organize seu tempo para poder aproveitar

A programação completa dos painéis em seus respectivos auditórios sai com pouco tempo antes do evento, mas ainda assim é possível se planejar. Verifique com antecedência quais artistas convidados estarão presentes em cada dia e o que pra você é essencial assistir, porque um lugar no auditório principal é valioso e difícil de conseguir. Para assistir aos painéis de sábado na CCXP 2016, eu cheguei bem antes das 8h na fila para entrar no evento e já tinha gente na minha frente; o auditório não costuma ser esvaziado entre as apresentações, logo é muito possível ficar o dia inteiro lá dentro ou na fila do lado de fora sem conseguir entrar. Não se engane: isso cansa! Não faça todos os dias. Há muito o que explorar em uma CCXP, então amplie seus horizontes e aproveite o que seu ingresso lhe garantiu o direito de usufruir. Conheci muitas pessoas nas filas, incluindo gente que tinha credencial para um dia só e estava “perdendo” o evento para tentar ver um painel concorrido esperando na fila. Se pra você é isso que conta, quem sou eu para julgar? Eu não faria, mas cada um tem suas prioridades e em um evento com tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo é vital eleger algumas.

 

Se você é veterano de CCXP, comenta aqui alguma dica que eu posso ter esquecido! Mas se você é novato, espero muito ter ajudado e torço para que sua experiência na Comic Con seja ÉPICA!

2 thoughts on “10 dicas para aproveitar a Comic Con Experience”

  1. Dicas maravilhosas! Faço tudinho. Acho que a unica coisa que acrescentaria é para a pessoa não ir na esperança de que conseguirá ver tudo, principalmente se for em apenas 1 ou 2 dias, provavelmente terá que escolher bem onde irá, tem amigo meu que ficou literalmente o dia inteiro no painel, chegou ás 7 da manhã, quando entrou no evento foi direto, viu todos os paineis que nem queria para poder garantir seu lugar no ULTIMO, que lhe interessaria, eu prefiro bem mais ficar pelo evento. E que também é bom tentar ir nos dias de semana, por mais que os amigos vão mais no final de semana, o s primeiros são bem mais vazios.

    No primeiro ano eu apanhei porque fui de cosplay todos os dias, me arrependi porque não consegui ver tudo, nem tirar foto com os fotógrafos que conhecia. Na segunda eu queria ter ido dois dias de cos e dois sem. Mas minha irmã só foi na quinta, então fui com ela para fazermos dupla, sexta eu abdiquei para minha irmã poder ir um dia a mais (dei meu ingresso para ela usar, sou uma criminosa). Acabei indo sem cos no sábado, mas como estava cheio não vi quase nada, e no domingo fui de cos de novo porque já tinha combinado com amigos. Este ano talvez eu não vá na CCXP, preferi desviar essa verba para a BGS.

    Bites!
    Tary Belmont

    Bites!
    Tary Belmont

    1. Isso é verdade! É impossível ver tudo porque tem sempre 30 coisas acontecendo ao mesmo tempo. No único dia de CCXP que madruguei para pegar lugar no auditório eu queria ver 70% dos painéis do dia, então valeu a pena. No domingo eu só queria o último, então aproveitei o evento e só no meio da tarde fui pra fila pra ver se rolava.

Deixe uma resposta